Fies 2014 – Inscrições

Atualmente, o valor para pagar uma faculdade é extremamente alto e a cada ano as mensalidades aumentam, a inscrição no Fies pode ser uma boa alternativa. Entrar em uma Universidade pode até parecer fácil e muitas vezes acaba sendo, difícil mesmo é conseguir bancar o valor proposto até a conclusão do curso, visto que o valor gasto não é tão somente com as mensalidades, ainda tem o transporte, material didático e por aí vai.

Para facilitar e, principalmente, ajudar o ingresso dos jovens nas faculdades, o governo federal criou o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), ou seja, um financiamento das mensalidades a serem pagas na faculdade, com uma taxa baixa de juros e com a garantia de formação concluída.

O Fies veio para ajudar a todos, principalmente a população com baixa renda, que visa um futuro promissor e uma boa qualificação profissional, além de realizar o sonho de diversos jovens que buscam o tão sonhado ensino superior concluído.

Assim como o Prouni, o Fies também exige que você tenha realizado a prova do Enem no ano anterior ao que queira usar o financiamento, ou seja, para usar o Fies 2014, você deverá ter feito o Enem 2013. Feito o Enem, o estudante deverá realizar a inscrição do vestibular na faculdade que deseja estudar e, é claro, ser aprovado na prova. Porém, antes de realizar a inscrição verifique se a faculdade possui convênio com o Fies, lembre-se que não são todas as instituições que trabalham com esse programa do governo. Em seguida acesse o site oficial do Fies para realizar sua inscrição neste programa e assim que o processo de aprovação for concluído, você já poderá entrar na faculdade.

Nos três primeiros meses o valor a ser pago é de R$ 50,00 e, após concluir o curso, você tem 18 meses para começar a pagar as parcelas integralmente.

Como se inscrever

O cadastro no Fies 2014 é rápido, fácil e seguro. Em primeiro lugar, o estudante deve fazer sua inscrição no site do SisFies e informar seus dados pessoais. Feito isso será preciso validar as informações junto a CPSA da faculdade/universidade que irá estudar e, por último, realizar o contrato com o banco de sua preferência. Como opera em fluxo contínuo, o procedimento é o mesmo quando da inscrição do Fies 2013.

Quando o contrato com o Fies for realizado, o estudante, de seis em seis meses deverá comparecer na própria instituição, no setor chamado CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento). Neste departamento você irá validar todas as informações que foram prestadas quando foi realizada a inscrição, informando se houve mudanças nos dados cadastrais, fazendo a renovação do seu contrato, o chamado aditamento de contrato.

Posso contratar o Fies mesmo com restrição no nome? Descubra aqui!

O aluno pode e deve adiantar algumas parcelas, visto que o não pagamento de algumas mensalidades possa trazer consequências, inclusive o cancelamento do contrato. Todavia, o estudante que já está matriculado e no início da faculdade não quis depender do financiamento estudantil, poderá solicitar o Fies em qualquer período do ano. Essa informação passou a ser oferecida com a efetivação do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

O estudante que optar pelo financiamento estudantil deverá escolher um banco para firmar o contrato, podendo ser o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal, sendo assim, o prazo para o contrato deverá ser respeitado visando o risco de perder o benefício. Também, dependendo da instituição, não é mais obrigatório a presença do fiador para a formalização do contrato, o estudante pode utilizar o FGDUC, opção que não precisa de fiador.

Comentários

  1. nao consegui fazer minha incrição pois dar 302 erro limite da instituição esgotado, o que devo fazer

Deixe o seu comentário

*